BLOG

Relatos ilustrados de nossos roteiros

Você esta aqui:

November21

BIRDING TOUR | Cadeia do Espinhaço

 

 

Cortando mais de 1000 quilômetros entre Minas Gerais e Bahia, a Serra do Espinhaço é a única cordilheira do Brasil. Coberta por Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga, o Espinhaço é também um dos maiores centros de endemismos. Abrigando paisagens deslumbrantes e biodiversidade riquíssima, é certamente um dos melhores destinos para turismo de natureza do mundo. Nessa expedição visitaremos a porção Sul da cordilheira, principalmente as Serras da Moeda e do Cipó. A Serra da Moeda está localizada no Quadrilátero Ferrífero. Possuindo Unidades de Conservação, como o Monumento Natural da Serra da Calçada, configura-se como uma importante área para a conservação da flora e fauna. A Serra do Cipó é protegida por importantes reservas, como a APA Morro da Pedreira e o Parque Nacional da Serra do Cipó. A altitude de ambas porções serranas varia de 700 a 1600 metros e a vegetação acima de 1000 metros é caracterizada pelos campos rupestres e de altitude, possuindo ambientes típicos de Cerrado e Mata Atlântica em suas faces. Atualmente as Serras da Moeda e do Cipó são destinos procurados por turistas das mais variadas modalidades, geralmente atraídos por esportes de aventura e turismo de natureza

 

Nos dias 12 a 14 de outubro recebemos o observador de aves Ricardo Augusto, que também é atleta paralímpico da seleção brasileira de tiro esportivo, para mais uma birding tour pela porção Sul da Cadeia do Espinhaço. Nossa primeira parada foi na Serra da Moeda, onde seguimos diretamente para tentar fotografar a maxalalagá. Não demorou muito e a saracurazinha deu as caras, ficando um bom tempo exposta e permitindo um verdadeiro ensaio com muitas boas imagens. No mesmo local encontramos também uma belíssima jararaca-pintada, que estava sossegada no capim amassado. Vale aproveitar o encontro para lembrar o quanto é importante estar protegido e atento aos riscos da prática do turismo de natureza. Afinal, estamos visitando um ambiente natural cheio de imprevistos. Ainda na mesma trilha avistamos o rabo-mole-da-serra, que rendeu algumas fotografias.

 

2018.11.25_001 2018.11.25_002 2018.11.25_003 2018.11.25_0042018.11.25_005

 

Logo após visitamos o Parque Municipal Roberto Burle Marx onde avistamos e registramos um grupo do ameaçado (categoria vulnerável pela IUCN) cuitelão. Demorou um pouco, mas eles acabaram dando algumas boas oportunidades.

 

2018.11.25_006 2018.11.25_007 2018.11.25_008

 

No segundo dia visitamos o Distrito de Lapinha da Serra, em Santana do Riacho/MG, em busca das espécies endêmicas da Serra do Espinhaço. Buscamos inicialmente o complicado lenheiro-da-serra-do-cipó, que demandou muita trilha e pedra ate encontrarmos o primeiro. Para nossa sorte ele não dificultou e apareceu bem próximo de nós, ficando exposto por várias vezes. Ainda no mesmo local encontramos novamente com o rabo-mole-da-serra, que novamente ajudou muito.

 

2018.11.25_011 2018.11.25_009 2018.11.25_0102018.11.25_012 2018.11.25_013

 

Na mesma trilha, seguindo alguns metros acima, encontramos com mais duas espécies muito importantes, o beija-flor-de-gravata-verde e o tapaculo-serrano, em uma exibição bastante rara, chegando muito próximo de nós. Demoramos um pouco, mas também encontramos o endêmico que faltava,  pedreiro-do-espinhaço.

 

2018.11.25_014 2018.11.25_015 2018.11.25_0162018.08.18-19_007 - serra do cipo

 

No último dia visitamos o Distrito de Serra do Cipó, ainda em Santana do Riacho/MG. No início da manhã, em uma área de de campo e fragmentos de cerradão, avistamos muitos bichos legais como o saci, um casal de choró-boi e o bonito pitiguari.

 

2018.11.25_017 2018.11.25_018 2018.11.25_019 2018.11.25_020

 

Já dentro do cerradão foi possível fotografar a choca-do-nordeste a o fruxu-do-cerradão. Não facilitaram muito, apareceram rapidamente e escolhendo poleiros ruins, até que finalmente deram algumas poucas chances.

 

2018.11.25_021 2018.11.25_022

 

Encerramos a viagem em uma área de cerrado campo sujo, onde encontramos o bacurauzinho e o campainha-azul.

 

2018.11.25_023 2018.11.25_024

 

Agradecemos a confiança em nosso trabalho. Concluímos mais uma tour com excelentes resultados. Entre em contato e agende também a sua passarinhada no Espinhaço!

 

Um abraço e até a próxima,

 

EDU FRANCO

 

  • Posted by Eduardo Franco
  • 7 Tags
  • 0 Comments
COMMENTS