BLOG

Relatos ilustrados de nossos roteiros

Você esta aqui:

August08

HIKING TRIP | Serra do Cipó 02-03/ago

 

 

Cortando mais de 1000 quilômetros em Minas Gerais e Bahia, a Serra do Espinhaço é a única cordilheira do Brasil. Coberta por Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga, o Espinhaço é também um dos maiores centros de endemismos do mundo. Abrigando paisagens deslumbrantes e biodiversidade riquíssima, o Espinhaço é certamente um dos melhores destinos para observação e fotografia de natureza do mundo. Nessa expedição visitamos a porção Sul da cordilheira, principalmente a Serra do Cipó. A Serra do Cipó é protegida por importantes reservas, como a APA Morro da Pedreira e o Parque Nacional da Serra do Cipó. A altitude das porções serranas varia de 700 a 1600 metros e a vegetação acima de 1000 metros é caracterizada pelos campos rupestres e de altitude, possuindo ambientes típicos de Cerrado e Mata Atlântica em suas faces. Atualmente a Serra do Cipó é destino procurado por turistas das mais variadas modalidades, geralmente atraídos por esportes de aventura e turismo de natureza.

 

Nos dias 02 e 03 de agosto de 2018 recebemos a ecoturista Ana Maria Ibarra para dois dias de caminhadas pelas trilhas da Serra do Cipó. Como não poderia deixar de ser diferente, avistamos muitos passarinhos pelo caminho.

 

Saímos de Belo Horizonte ainda de madrugada e, após rápida viagem, chegamos ao Cipó. Fizemos um rápido lanche e iniciamos nossa primeira trilha na região da Mãe D’Água. Logo de cara já topamos com uma das estrelas da Cadeia do Espinhaço, o beija-flor-de-gravata-verde. Enquanto percorríamos as belas trilhas do Cipó, Ana era sempre surpreendida com uma nova paisagem, que não perdia tempo e tratava de fotografar.

 

2018.08.02-03_002 serra do cipo2018.08.02-03_003 serra do cipo

 

Foi e ainda é uma semana chuvosa na região central de Minas Gerais, o que é raro ocorrer no mês de agosto. Um alívio para a seca que já se alongava, sempre aumentando os riscos de incêndios. A Cerrado parece querer retribuir, nos presenteando com um espetáculo de cores e formas, mesmo durante o inverno.

 

2018.08.02-03_008 serra do cipo

 

Seguindo na trilha encontramos mais algumas aves bem características do local. Avistamos um grande grupo de tesouras-do-brejo, o belo campainha-azul e uma tranquila avoante, que ficou quietinha em nossa frente por um bom tempo.

 

2018.08.02-03_004 serra do cipo2018.08.02-03_009 serra do cipo 2018.08.02-03_005 serra do cipo 2018.08.02-03_006 serra do cipo

Continuamos nossa caminhada e, sendo repetitivo, a beleza da Serra do Cipó continuava a nos surpreender. O tempo estava fechando, virando para chuva, e a densa camada de nevoeiro parecia emoldurar os campos rupestres no alto da serra. As cores amareladas, típicas da estacão, eram quebradas pelo prateado quartzítico dos afloramentos rochosos. Posso visitar esse lugar por todos os dias da minha vida e  amanhã sempre irá me encantar mais.

 

2018.08.02-03_010 serra do cipo

 

Nos aproximamos de uma pequena mata ciliar que protege um dos valorosos cursos d’água que passam pelo local e lá encontramos mais indivíduos do gravata-verde, dessa vez acompanhado de um, tão belo quanto, rabo-branco-acanelado. Precisamos antecipar nosso retorno por conta da chuva que nos pegou. Era leve, fina, mas incomodava. Retornamos até o centro turístico e lá fizemos uma parada para almoçar.

 

2018.08.02-03_007 serra do cipo

 

A tarde visitamos a região do alto palácio e a estátua do Juquinha. Região e atrativo muito famosos e visitados. Lá encontramos uma porção enorme de aves, que provavelmente se agitaram depois da chuva da manhã. Aliás, nada melhor do que um bocado de luz do Sol após uma chuvinha. A passarinhada fica maluca. Avistamos um grupo de tico-tico-do-banhadopapa-moscas-de-costas-cinzentas, canário-do-campo e chopim-do-brejo. Também avistamos os pequeninos tico-tico e tico-tico-do-campo. Encerramos nosso dia e voltamos para a pousada.

 

2018.08.02-03_013 serra do cipo2018.08.02-03_014 serra do cipo 2018.08.02-03_015 serra do cipo 2018.08.02-03_016 serra do cipo 2018.08.02-03_017 serra do cipo 2018.08.02-03_018 serra do cipo 2018.08.02-03_019 serra do cipo

 

No segundo dia visitamos o Parque Nacional da Serra do Cipó, porém no trecho que pertence ao município de Jaboticatubas/MG. Visitamos duas trilhas, sendo uma às margens do rio Cipó e outra na parte mais alta da região. Avistamos algumas aves, porém em menor quantidade do que o dia anterior, provavelmente devido ao forte calor. Mesmo assim conseguimos alguns registros interessantes como a belíssima rolinha fogo-apagou, chifre-de-ouro, saí-azul, maria-ferrugem e o soldadinho.

 

2018.08.02-03_020 serra do cipo 2018.08.02-03_022 serra do cipo 2018.08.02-03_023 serra do cipo 2018.08.02-03_024 serra do cipo 2018.08.02-03_021 serra do cipo 2018.08.02-03_025 serra do cipo 2018.08.02-03_026 serra do cipo 2018.08.02-03_001 serra do cipo

 

Encerramos nossa viagem com muitos quilômetros caminhados, muitas paisagens exuberantes e um bocado de passarinho para ilustrar nossos dias. Foi uma viagem bem legal, mudando um pouco do nosso foco principal. Muito obrigado a Ana pela confiança e aos nossos parceiros.

 

Grande abraço,

 

EDU FRANCO

  • Posted by Eduardo Franco
  • 1 Tags
  • 0 Comments

CATEGORIES Trip

COMMENTS